#éNoiteNaCidade. Os dados sumiram e os mortos de Covid serão ressuscitados.

A imagem pode conter: 3 pessoas, texto

Outro dia corria um meme pela internet dizendo que como agora teríamos um bilionário dono de escola de inglês, a gente não ia mais morrer, a gente ia die. Pois parece que vamos die mesmo, darling. O secretário Wizard disse para a Bela Megale do Globo que eles vão recontar os mortos. Não darling, você não leu errado. Ele disse que os estados estão superfaturando mortos porque querem mais dinheiro para seus redutos. Aff!!!

E o que isso significa, Tixa? Uma bela duma maquiada, darling. De uma hora para outra teremos menos mortos por Covid. Quem fez isso foi a Rússia, de Putin.

Bolsonaro cantou a bola na frente do Alvorada, nesta sexta, dizendo que tinha muita gente morrendo com Covid e não de Covid. E que iam começar a divulgar só os mortos do dia e não mais os que morreram nos dias anteriores. Mas o sinal mais forte veio da prefeitura do Rio, quando Crivella parou de divulgar os dados e começou a ressuscitar os mortos.

Sem contar que o Ministério da Saúde tirou nesta noite os dados do site e parou de divulgar os números consolidados, divulgando só os do dia. Vocês podem crer nisso? Vamos todos die mesmo, darling.

👉🏼Mas Bolsonaro gosta mesmo de esconder as coisas. Ele pediu ao Tribunal Superior Eleitoral que rejeite o pedido de incluir o que for descoberto no Supremo, no inquérito das fakes. Sabe qual o motivo?

Se o TSE rejeitar o conteúdo do inquérito das fakes, não dará mais pra abrir processo que possa cassar a chapa de Bolsonaro. Mesmo que se descubra algo escabroso no Supremo, tipo empresários financiando disparos em massa de zap fazendo campanha eleitoral.

Só para lembrar, o supremo autorizou quebra de sigilo bancário e fiscal de Luciano Hang e Edgar Corona, dois empresários bolsonaristas. A quebra retroage até o período pré eleitoral de 2018.

👉🏼E agora é esperar para ver o que vai dar as manifestações de domingo. Bolsonaro pediu para que seus apoiadores não compareçam as ruas porque segundo ele as Forças de segurança federais estarão prontas para atuar contra os manifestantes. E os chamou de terroristas.

👉🏼Dados que não são divulgados, mortos maquiados, repressão nas ruas…. nossa, darling, acho que já li isso em algum lugar da História, mas não lembro onde….

*******************
Está difícil para todo mundo. Mas a Lagartixa ficará especialmente frágil financeiramente com esta pandemia. Se puderem ajudar, temos várias opções de doações de diferentes valores. Pode ser mensal ou uma doação única. A partir de 2 reais você já pode ajudar. Para quem assina a Lagartixa, também abrimos a opção de receber nossos posts pelo Zap. Ajuda aí.
www.lagartixadiaria.com.br/ajude
******************

#éNoiteNaCidade. Pandemia Terrorista.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e texto

Não dá para comparar Itália com o Brasil, dizia Bolsonaro lá em março quando afirmava com base em nada além da sua cabeça que por aqui não teríamos 800 mortos por Covid-19. E não é que o presidente tinha razão? Não dá mesmo para comparar com a Itália. O Brasil hoje ultrapassou os italianos no número de mortos. Mais de 34 mil. Só hoje quase 1.500. E pior: 32 mil novos casos, dez mil a mais do que os Estados Unidos registraram.

Na sua live de quinta, Bolsonaro perguntou: alguma coisa sobre o vírus? Não, né?, disse ele. Parece que sim, né presidente? Um morto a cada um minuto.

🕳️O assunto preferido de Bolsonaro é criminalizar os movimentos contra seu governo. Hoje disse que os antifas são o novo Black Block, que ficaram conhecidos pelos protestos violentos nos protestos de 2013. Então agora, quem sai às ruas com a bandeira da democracia e vestido de preto é marginal e viciado e terrorista, segundo o presidente. Ai Tixa, que canseira! É a terceira onda, segundo Bolsonaro.

🕳️Darling, um deputado bolsonarista, ligadíssimo à Family, o Douglas Garcia de São Paulo chegou a fazer uma lista de mil pessoas, com CPF e RG, dizendo que são antifas terroristas. Constrangimento à livre manifestação que chama? Aff.

🕳️A bem da real é que o presidente chama os manifestantes de terroristas porque está de fato aterrorizado com a possiblidade de que no Brasil as manifestações ganhem a dimensão do que está acontecendo nos Estados Unidos. Lá é sobre racismo, aqui é sobre impeachment. Lá derruba o presidente nas urnas. Aqui no Congresso.

🕳️Hoje foi o décimo dia de protestos de americanos e desde ontem não teve mais grandes sinais de violência ou vandalismo. Imagina se a moda pega no Brasil.

🕳️Mas os partidos de esquerda estão com medo da criminalização dos movimentos e hoje fizeram uma carta pedindo que ninguém vá às ruas no domingo. “Observando a escalada autoritária do governo federal, devemos preservar a vida e segurança dos brasileiros, não dando ao governo aquilo que ele exatamente deseja, o ambiente para atitudes arbitrárias”, diz carta assinada por líderes do PT, Rede, PSB, PDT, Cidadania e PSD.

🕳️Bolsonaro chegou a dizer hoje na live de quinta que os governadores comprometidos com a democracia vão proteger o povo dos vândalos. Bom, darling, tudo pode acontecer, até infiltrados em manifestações. Talvez este seja o medo do pessoal da esquerda. Que as manifestações nasçam violentas. Bom, tem sido assim na história.

🕳️Depois de um mês, UM MÊS, que o Congresso aprovou o socorro a estados e municípios Bolsonaro liberou o dinheiro. Serão 60 bilhões de reais para compensar a perda de arrecadação por conta da pandemia.

🕳️E enquanto isso, o auxilio emergencial segue registrando milionários aprovados. Outro dia foi Luciano Hang, hoje foi Neymar. Alguém pega os dados na internet e pede o auxílio. O grave é que o governo aprova. Segundo o Tribunal de Contas da União, quase 7 milhões de pessoas que receberam o auxílio sem ter direito. Boa parte de jovens de classe média que mora com os pais. Enquanto isso, muitos favelados seguem sem o auxílio.

🕳️E lembram que falamos ontem do estudo fake da cloroquina publicado pela Lancet, uma das mais importantes revistas científicas? Hoje os autores tiraram o estudo do ar porque a base de dados não era confiável. Bolsonaro, claro, se refestelou. Ele ama a cloroquina.

🦎Esta é uma publicação da @lagartixadiaria

#éNoiteNaCidade. Ciência X Ciênsia.

A imagem pode conter: 4 pessoas, texto

O maior estudo do mundo sobre a cloroquina é fake. A população está indo para o abatedouro com o relaxamento. Bolsonaro e Mourão se antecipam à força dos movimentos pró democracia e já dizem que são terroristas. Ricos recebem o auxílio emergencial, os pobres não. O #éNoite de hoje é política pura, darling.
___________________________
CLOROQUINA.
😱Uma pequena empresa que tem como editor de ciência um autor de ficção e de arte fantástica. Darling, foi esta a empresa que forneceu os dados para o que era o maior estudo sobre cloroquina do mundo, com 96 mil pacientes.

Ah não, Tixa!!!! Mas por que o mundo inteiro confiou nesses resultados? Porque duas das maiores publicações científicas do mundo deram seu aval ao publicar os resultados que sugeriam que a cloroquina mais mata do que faz bem.

😱O jornalismo, no entanto, deu um show neste episódio e mostrou como é fundamental. Intrigado com os questionamentos de vários cientistas sobre os dados, o jornal britânico The Guardian se debruçou sobre o assunto e descobriu que a empresa que forneceu os dados é uma empresinha americana obscura, chamada Surgisphere, que surgiu do nada e de repente era dona da maior base de dados hospitalares do mundo.

O jornal também descobriu que vários hospitais, que supostamente teriam fornecido dados para o tal estudo, não o tinham feito.

E agora The Lancet e New England Journal of Medicine colocaram dúvidas sobre o estudo que eles mesmos publicaram. E a Organização Mundial de Saúde, que tinha confiado nos resultados, teve que voltar atrás e reabrir pesquisas sobre o medicamento.

😱Tixa do céu! Então não podemos confiar na ciência? Não é bem assim, darling. Muitos cientistas sérios logo começaram a questionar o estudo.

Talvez a pressa que a pandemia causa leve a decisões erradas. Ou talvez seja só a política. É sabido que líderes como Trump e Bolsonaro apoiam a cloroquina até debaixo d’agua. Trump chegou a dizer que tomou o remédio preventivamente. E todos sabemos da treta de Trump com a OMS, chegando a cancelar a ajuda americana à organização.

Mas vale dizer que isso não significa que a cloroquina agora é de novo o grande remédio. Significa apenas que continuamos sem resultados sérios de estudos científicos sérios.
_______________________________

😱E aqui vai mais lenha na fogueira. Hoje cientistas da USP de Ribeirão Preto disseram que os municípios brasileiros que reduziram o isolamento esta semana podem ter em dez dias aumento de 150% no número de infectados e mortos pelo coronavírus.

“O relaxamento social só tem motivação política. Não existe ciência nisso. Os estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e Amazonas terão um massacre”. Este foi Domingos Alves, cientista da USP, ao Globo.

“Até agora, temos acertado nossas projeções e, por isso, estamos tão preocupados. É nosso dever alertar a população de que ela foi liberada para ir ao abatedouro”.

😱Batemos recorde hoje de mortes diárias. mais de 1.300.
________________________
😱E Bolsonaro segue dizendo que não tem nada a ver com a Covid já que o Supremo decidiu que governadores e prefeitos decidem sobre a quarentena. E que estamos aí para morrer mesmo.

Mas tem a ver com ele sim. Se a responsabilidade é de governadores e prefeitos, por que o presidente vetou hoje quase 9 bilhões para ajuda no combate ao corona? Pois é, fácil dizer que não é comigo.

😱O presidente está preocupado mesmo com os movimentos antirracistas e antifascistas que estão tomando conta dos Estados Unidos há 9 dias. Está com medo que ganhe força aqui também e daí já resolveu chamar de terrorista todo mundo que sair às ruas e não estiver de verde e amarelo e gritando mito.

😱E até o Mourão resolveu se antecipar. Ele acusou, em artigo, ministros do supremo, imprensa e todo mundo que critica o governo de incentivar ações criminosas. “Aonde querem chegar? A incendiar as ruas do País, como em 2013? A ensanguentá-las como aconteceu em outros países?”

😱É o medo das ruas, darling. Eles estavam tranquilos achando que por conta da pandemia ninguém que defende o isolamento iria sair de casa. Daí de repente o mundo mudou e começou a achar que não faz mal se aglomerar.

😱E o Instituto Locomotiva divulgou uma pesquisa triste hoje. Ao todo, 3,9 milhões de famílias consideradas ricas receberam o auxílio emergencial enquanto nas favelas, 39% dos que pediram o auxílio não receberam.

ESTÁ É A VIDA LOCA.

Fotos: Mourão – Marcelo Chello
Doria – Paulo Lopes

#éNoiteNaCidade. VIDAS NEGRAS IMPORTAM.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

“Essa escória maldita”, disse Sergio de Camargo, negro, presidente da Fundação Palmares, sobre o movimento negro. Era uma reunião interna da fundação, um órgão do governo federal, que existe para nada mais nada menos do que “promover a preservação dos valores culturais, sociais e econômicos decorrentes da influência negra na formação da sociedade brasileira”. Só isso.

Este movimento é o mesmo que está tomando conta das ruas pelo mundo todo e levou os Estados Unidos a presenciarem as maiores manifestações desde a década de 60. #vidasnegrasimportam, dizem eles. Por lá, eles já estão no seu oitavo dia depois que um policial matou um negro, por asfixia, enquanto ele imobilizado dizia: eu não posso respirar. Oito dias de protestos, darling. Oito.

Trump tentou interromper as manifestações à força, sob a desculpa de que eram violentos e promoviam o vandalismo. Chegou a dizer que botaria o Exército na rua se governadores e prefeitos não fizessem nada. Mas o povo americano está dando o recado: mais de 50% apoiam os protestos que estão aumentando e ganhando força a cada dia e apenas um terço concorda com a forma como o presidente americano está lidando com a situação.

Sabe o que é isso? Os Estados Unidos estão batendo à porta do mundo, darling. França, Holanda, Inglaterra, Austrália, Alemanha. Milhares saíram às ruas. As imagens, em Paris, hoje, impressionaram. No Rio, houve o primeiro protesto, no domingo, lembrando os jovens que morreram pelas armas de policiais como João Pedro, morto com um tiro pelas costas dentro de casa, numa comunidade carioca.

#Vidasnegrasimportam, darling, e palavras como a do presidente da Fundação Palmares são gasolina. O Brasil está prestes a explodir. É só ver os movimentos “Democracia” das torcidas organizadas, vestidos de preto, que começaram a ir às ruas e a provocar o confronto com bolsonaristas e policiais.

#Vidasnegrasimportam e, no Brasil, saiu o primeiro estudo que mostra que são os negros que mais morrem por Covid-19. E não é por uma condição genética, darling. É pela condição sócioeconômica. As vidas negras são as mais pobres e os mais pobres sempre têm menos condição de lutar pela sua saúde, pela sua vida.

Um estudo do Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde da PUC do Rio mostra que 55% dos negros internados com Covid morreram. Entre os brancos este percentual foi de 38%.

A pandemia escrachou a #desigualdade e tornou a política em um caldeirão borbulhante. Se Bolsonaro continuar a brincar com a #democracia com seus protestos verde e amarelo de fim de semana, se continuar de brincadeira com a #pandemia, em vez de prestar o auxílio financeiro que a população mais pobre precisa, levará uma rasteira. Se fosse esperto, olharia criticamente para o que está acontecendo com seu best friend Trump.
_________
#PP (para os perdidos). Camargo é aquele que foi escolhido por Roberto Alvim, o ex da Cultura que fez aquele video com vários símbolos nazistas e acabou demitido.
#PP1. As declarações de Camargo de que não existe racismo estrutural no Brasil e que a escravidão até foi uma coisa boa para os negros levaram algumas instâncias da Justiça a proibir sua posse, na Fundação.
#PP2. Quando o tribunal superior derrubou a decisão, Alvim já não era mais o secretário de Cultura. Regina Duarte não o queria, mas Bolsonaro o bancou. A ponto de Camargo ter ficado e Regina tomado o pé na bunda. Ah não, claro, ela saiu porque precisava ficar com a família.

#éNoiteNaCidade. A pandemia política.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

💧Sete dias de protestos contra o racismo nos Estados Unidos e Trump exige que governadores contenham os movimentos, ameaçando ele mesmo botar o Exército na rua. O discurso é de estabelecer a lei e a ordem. Já ouviu algo assim, darling?

Trump chegou a dizer que queria classificar o movimento Antifa, que é de esquerda e se refere à abreviatura de antifascista, como sendo terrorista. Coisa que ele não tem poder para tal.

💧Já os democratas dizem que os atos violentos são de gente de direita infiltrada. O fato é que os protestos ganharam o país inteiro e a cada dia que passa ganham mais adesão. Algumas cidades declararam toque de recolher para tentar conter a violência, que em quase todos os dias tomaram conta das ruas. Muita quebradeira, lojas saqueadas. Será que vai se espalhar como o corona?

💧Corta para o Brasil. Foi o sétimo fim de semana que Bolsonaro foi para as ruas participar de manifestações contra o Congresso e contra o Supremo durante a pandemia. Ah Tixa, eles só querem voltar a trabalhar. Ahã, então por que os cartazes de Fora Maia e Abaixo o Supremo?

💧Desta vez, a novidade foi o ministro da defesa junto com o presidente no helicóptero. Pegou muito mal. Afinal os militares não dizem o tempo todo que não querem intervenção nenhuma? Não querem, até quererem.

💧Hoje Bolsonaro disse que os bolsonaristas não deviam fazer protesto no próximo domingo se tiver outro grupo de oposição protestando. Hhhhmmm. Teme que a coisa degringole como nos Estados Unidos?

💧Corta para a Paulista, no domingo. Torcidas organizadas gritavam Democracia, deu alguma treta, não se sabe bem o motivo. Suspeita-se que bolsonaristas provocaram, e a confusão estava armada com polícia jogando bombas de gás de efeito moral e o resto todo.

💧Corta para o Rio de Janeiro. Uma manifestação completamente pacífica por conta da violência policial, que matou jovens nas favelas durante a pandemia, acabou com a polícia atirando. A desculpa da polícia é que precisavam dispersar manifestantes que chegaram quando o movimento já tinha acabado.

💧Doença. Isolamento. Desemprego. Fome. Uma combinação explosiva para as ruas.

💧Enquanto isso, o centrão faz sua marcha rumo aos bons carguinhos que Bolsonaro está ajeitando para eles. Este é o presidente fazendo o que ele chama de #novapolítica. A do toma lá, dá cá.

💧Proliferam os manifestos contra Bolsonaro, publicados em jornais, em intervalos comerciais da TV, em todo lugar. Hoje Lula, na reunião da Executiva Nacional do PT, disse que não quer ser Maria vai com as outras e que o partido tem que pensar que tipo de manifesto vai participar. Talvez fazer o seu próprio e só então afinar com outros personagens. Mas Lula quer que o PT tome a liderança na construção de um manifesto e não sair assinando qualquer um.

Lula disse que as elites querem reeducar Bolsonaro, mas não o Paulo Guedes, e que nenhum dos manifestos que viu fala com clareza da importância de defender os direitos dos trabalhadores. Sem contar, que segundo ele, a elite quer isolar e calar o PT. Para o ex-presidente, o partido tem que defender com unhas e dentes que o dinheiro de ajuda do governo chegue aos pobres e pequenas empresas. E que o governo amplie programas. E chegou a dizer que as manifestações ideais foram as organizadas pelas torcidas de futebol.

💧Enquanto a pandemia política se alastra, já são 30 mil mortos por Covid-19 e a OMS disse que a América Latina não chegou ao pico da pandemia.

#PP (para os perdidos). Os protestos nos Estados Unidos começaram depois que um vídeo de um policial asfixiando um homem negro até ele ficar desacordado ganhou todo o país. A polícia diz que ele morreu no hospital por comorbidades. Mas um laudo privado diz que ele morreu na rua sob o braço do policial.

*******
Quer ajudar a Lagartixa? Precisamos de você. A partir de 2 reais você já pode ajudar. Ajuda aí.
www.lagartixadiaria.com.br/ajude
******

#éNoiteNaCidade. O Procurador Amigo Geral da República.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, terno e texto

Tem alguém na República tendo que rebolar neste momento em Brasília e atende pelo nome de Augusto Aras, a quem carinhosamente chamamos de procurador amigo geral da república. Quer ver?

📌O supremo Celso de Mello pediu para que Aras decida se deve investigar o Dudu Bolsonaro, o filho 03, por incitação à subversão da ordem política ou social ao dizer numa live com os blogueiros de direita que fatalmente vamos ter uma ruptura no país. Mas o supremo ressaltou que é imprescindível a apuração dos fatos.

Além de dizer que ia ter ruptura, Dudu disse que quando chegar ao ponto em que o presidente não tiver mais saída e “for necessário uma medida energética, ele é que será taxado como ditador”.

📌A PF decidiu chamar Bolsonaro para depor no inquérito que apura se o presidente cometeu crimes ao tentar interferir na PF, como denunciou o ex-tudo Sergio Moro. Aras é quem no fim das contas vai decidir se denuncia ou não o presidente.

📌O supremo Celso de Mello mandou Aras dizer se deviam apreender o celu do presidente para investigar. Aras disse que não.

📌O supremo Celso de Mello mandou para Aras avaliar se deve ir pra frente um pedido de impeachment do General Heleno, pela nota de que coisas imprevisíveis aconteceriam se pegassem o celular do presidente.

📌Aras é quem investiga quem organizou manifestações antidemocráticas na frente do QG do Exército que teve direito a discurso de Bolsonaro.

📌Os procuradores estão pressionando Aras. Criaram um movimento pra mudar a lei e obrigar o presidente a indicar um nome da lista tríplice do MPF para ocupar o cargo. Como se sabe, Aras não estava na lista tríplice e, quando o nomeou, Bolsonaro disse que Aras seria sua rainha do jogo de xadrez. A rainha protege o presidente.

📌O presidente não ajuda muito o procurador amigo. Só nesta semana:
👉foi até à PGR, de surpresa, sem ter agendado, dar um abraço nos procuradores depois da cerimônia de posse do o subprocurador geral.
👉Disse que nomearia Aras ao Supremo caso tenha um terceira vaga disponível.
👉Deu uma medalha a Aras.

Como disse Aras ao presidente: é sempre uma alegria.

PP (Para os perdidos): O procurador geral é aquele que deve representar e defender os direitos da sociedade. DA SOCIEDADE.

#éNoiteNaCidade. Pode ser que não chova agora.

A imagem pode conter: 6 pessoas, texto

Quando o supremo Fachin mandou hoje para o plenário a decisão sobre suspensão ou não do inquérito das fakes, que levou à busca e apreensão nas casas de empresários e militantes apoiadores de Bolsonaro, por querer ou sem querer, PODE TER ARREFECIDO a crise institucional que parecia inevitável. Ou a ruptura como disse Dudu ontem à noite.

Bolsonaro disse que não vai aceitar decisões monocráticas, ou seja, de um juiz só, mas deu a entender que uma decisão plenária, de todos os ministros, seria diferente. Então agora, o presidente tem motivos para mudar um pouco o tom e esperar pela tal decisão do plenário. Claro que a depender do amor que ele tenha pelo Weintraub, tudo vá por água abaixo. Veja o PP.

📌Por volta das 09:00.
👉“Intervenção militar não resolve nada. Ninguém está pensando nisso. Não houve esse pensamento nem da parte do presidente, nem da parte de nenhum dos ministros. Isso só tem na cabeça da imprensa. A imprensa está contaminada com isso, não sei por que”.

#GeneralHeleno, na frente do Alvorada, tentando minimizar a nota que escreveu semana passada falando em consequências imprevisíveis por conta da possiblidade de pegaram o celu de Bolsonaro.

📌Por volta das 10:00.
👉“Não teremos outro dia como ontem, chega”. “Acabou, porra”. “Querem tirar a mídia que eu tenho a meu favor sob o argumento mentiroso de fake news.” “tenho as armas da democracia”. “Ordens absurdas não se cumprem”.

#Bolsonaro na frente do Alvorada ando a entender que não vai cumprir ordens supremas. Mas no discurso deu a entender que uma decisão de vários ministros poderia ser diferente.

📌Por volta das 11:00.
👉”Eles (Forças Armadas) vêm, põem um pano quente, zeram o jogo e, depois, volta o jogo democrático. É simplesmente isso.”

#Dudu, o 03. E o problema é a imprensa, né General Heleno?

👉“Quem é que vai dar golpe? As Forças Armadas? Que que é isso, estamos no século 19? A turma não entendeu. O que existe hoje é um estresse permanente entre os poderes. Eu não falo pelas Forças Armadas, mas sou general da reserva, conheço as Forças Armadas: não vejo motivo algum para golpe”.

O vice #Mourão, em entrevista à jornalista da GloboNews Andrea Sadi, tentando botar panos quentes.

📌Por volta das 15:30.
👉“Qualquer cidadão pode recorrer de decisões. Mas tem que ser pelos caminhos legais e não pela forma de tentar acuar ou intimidar outro poder pelas decisões que toma”.

#Maia, presidente da Câmara, dizendo que as declarações de Bolsonaro foram bem ruins, desencaminham o diálogo, mas que se no discurso o presidente faz uma coisa, na prática tem usado os canais da Justiça. Como exemplo o Habeas Corpus para que Weintraub não vá depor no Supremo.

📌Por volta das 19.
👉”Não falem em nome de todos os cristãos ou judeus do mundo. FALO POR MIM! Tive avós católicos e avós sobreviventes dos campos de concentração nazistas (foto). Todos eram brasileiros. TENHO DIREITO DE FALAR DO HOLOCAUSTO! Não preciso de mais gente atentando contra MINHA LIBERDADE!”

#Weintraub irritado com a embaixada de Israel no Brasil e associações judaicas internacionais que pediram que membros do governo brasileiro parem de banalizar o holocausto. O ministro da educação tinha feito uma comparação da operação da PF atrás de bolsonaristas com a noite que deu início à perseguição nazista a judeus que levou a morte de milhares deles. Parece que o ministro não estudou bem essa parte para ter feito a comparação.

👉”Se aparecer uma terceira vaga —espero que ninguém desapareça—, mas o Augusto Aras entra fortemente na terceira vaga”.

#Bolsonaro fazendo piada sobre uma indicação do procurador amigo geral da República, Augusto Aras. Bolsonaro só terá a chance de nomear dois supremos. Um terceiro só seria possível se algum ministro morrer ou desistir antes da hora. Para as duas primeiras vagas ele diz que já tem nomes em vista e o primeiro deles será evangélico. O presidente já amenizou o discurso da manhã.

📌Por volta de não sei que horas.
👉”Quando grandes e poderosas empresas de mídia social censuram opiniões com as quais discordam, exercem um poder perigoso.”

#Trump ao assinar um decreto que visa permitir que redes sociais sejam responsabilizadas na justiça caso suspendam contas, imponham restrições a posts ou excluam postagens e a medida seja considerada injusta. O presidente americano ficou #xatiadinho porque o Twitter botou uma tarja em um tuíte do presidente por conta de uma fake news. Dudu, o 03, já disse que temos que fazer o mesmo no Brasil.

📌Durante o dia todo.
👉A cada meio minuto, um novo morto por Covid-19 no Brasil.

PP (Para os perdidos): O ministro da Justiça entrou pessoalmente com um pedido de Habeas Corpus para que Weint não tenha que ir depor no Supremo neste mesmo inquérito das fakes. Ou seja, é como se o governo estivesse em pessoa pedindo o HC. A procuradoria foi chamada a se manifestar. Alexandre de Moraes eventualmente pode mandar esta decisão para plenário ou ele mesmo decidir.

Fotos: Marcelo Chello.
A do General Heleno é reprodução.

#éNoiteNaCidade. O problema não é mais se, mas quando vai haver a ruptura

Tixa do céu! É darling… Esta frase do título foi dita agora à noite por Dudu Bolsonaro, o 03, em uma live junto com Allan dos Santos, um dos bolsonaristas que foi alvo da operação das fakes da Polícia Federal ordenada pelo supremo Alexandre de Moraes.

🤯Bolsonaro também acaba de reagir publicamente: “ver cidadãos de bem terem lares invadidos, por exercerem sua liberdade de expressão, é porque algo vai mal na democracia”. Hmmm, não é bem questão de liberdade de expressão, mas de robôs.

🤯🤯😱De qualquer forma podemos dizer que a porca torceu o rabo, azedou o pé do frango, pode escolher aí. Prepara que agora é a hora do show dos poderosos.

🤯Na mais de uma hora e meia de live em que Dudu, o guru Olavo, o candidato a ministro da saúde (que pelo visto dançou) Italo Marsili e Bia Kicis (deputada federal), o que se nota claramente é uma tentativa de inverter narrativa para os seguidores bolsonaristas. Um golpe está em curso, disseram eles. Querem uma ditadura, disseram eles como se não fossem eles a pedir derrubada do Supremo e do Congresso. Querem tirar o seu voto, arremataram eles.

🤯Allan dos Santos, que é dono do site Terça Livre e se diz jornalista, contou durante a live sobre duas apurações que fez há algum tempo. A primeira de uma reunião que teria entrado madrugada adentro com a participação dos supremos Barroso e Moraes, e dos presidentes da Câmara, Maia, e do Senado, Alcolumbre. Agora eu entendo, darling, àquela referência que Bolsonaro fez na reunião treta falando do pessoal que se reúne de madrugada, de lá pra cá.

🤯A outra apuração que Allan conta seria de uma suposta conversa por telefone entre o supremo Barroso com Alexandre de Moraes, em que os dois teriam combinado de dar um jeito de cassar o mandato de Bolsonaro.

🤯Barroso assumiu nesta semana a presidência do Tribunal Superior Eleitoral e hoje Moraes autorizou a operação. Tixa, mas é real isso daí? Darling, não sei até que ponto Allan está inventando essa conversa.

🤯O que posso dizer é que está lá na decisão de Moraes um ponto muito importante: a ordem de quebra de sigilo fiscal e bancário de alguns empresários e apoiadores bolsonaristas retroage até julho de 2018, ou seja, vai pegar todo o período eleitoral.

🤯Darling, se nos relatórios desta quebra de sigilo aparecer algum dinheiro saindo da conta bancária de um Luciano Hang da vida ou do dono da Smart Fit ou de qualquer um que teve o sigilo quebrado e tendo como destino final o pagamento de impulsionamento de rede social ou disparo em massa de propaganda eleitoral, a chapa de Bolsonaro será cassada de verdade.

E aí é a chapa. Mourão não assume, não. Ou vai ter novas eleições, se isso acontecer até o fim do ano. Ou o presidente da Câmara assume se faltar dois anos para as próximas eleições.

🤯Bolsonaro convocou reunião de emergência com ministros na tarde desta quarta para saber como reagir. Uma das expectativas é que Weintraub, o ministro educado, não vá depor no STF, justamente neste inquérito do supremo Moraes. Weint foi convocado porque disse naquela reunião treta que antecedeu a saída de Moro que deviam prender os vagabundos do Supremo.

🤯Não custa a gente lembrar que, naquela mesma reunião treta, Bolsonaro ameaçou o Supremo dizendo que eles iriam ver o que era uma verdadeira crise política se tomassem alguma decisão no sentido de proibir o presidente de ir a qualquer lugar. Bolsonaro queria viajar o país, o que fatalmente levaria a aglomerações, mesmo com a pandemia.

🤯O contexto desse rolê de hoje, no entanto, é mais amplo. Teve a nota do Heleno falando de acontecimentos imprevisíveis se o Supremo mandar pegar o celu do Bolsonaro. Teve o apoio do Ministério da Defesa. Teve o Bolsonaro querendo armar o povo. Teve o general Ramos dizendo a seus colegas de Exército que não pode abandonar a guerra e vai ficar mais um pouco no governo. Teve Maia pedindo paz, mas dizendo que quem não cumpre ordem judicial está contra a Constituição….. Resumo da ópera: A corda está sendo esticada por todos os lados.

🤯Enquanto isso, em São Paulo, em pleno pico da pandemia Dória planeja ir reabrindo o comércio. No Rio, o prefeito Crivella muda critério de contabilização de mortos e claro, tem menos mortos agora. O governador Witzel está cada dia mais encalacrado na investigação de supostas fraudes na construção de hospital de campanha. E a pandemia continua matando. Mais mil hoje. Já são quase 26 mil brasileiros.


#PP (Para os perdidos). Até outro dia o procurador amigo geral da república, Augusto Aras, era a favor do inquérito das fakes do Supremo. Hoje, depois que teve a operação que deu ordem de busca e apreensão contra uns 11 militantes e até contra empresários como Luciano Hang, e ainda convocou 8 deputados bolsonaristas para depoimento e quebrou o sigilo de Hang, de Edgard Corona, dono da Smart Fit, e mais dois, Aras decidiu mudar de opinião e pediu arquivamento do inquérito.

#PP1. O tal inquérito das fakes é polêmico porque nasceu dentro do próprio STF, excluiu o ministério público da jogada, e a justificativa era de que os ministros supremos estavam sendo atacados nas redes sociais e com ameaças de todo tipo. O inquérito deveria durar uns três meses e já está aí há mais de ano e tem muita gente que diz que é inconstitucional.

#éNoiteNaCidade. Ele veio para confundir, com Supremo, com tudo.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, terno e texto

Sabe como Bolsonaro está enfraquecendo as instituições? Politizando tudo. O modus operandi é assim: Fala mal, fala mal, fala mal. A instituição reage. Bolsonaro passa a elogiar. Depois se amiga. E quando chega neste ponto, ninguém mais acredita na tal instituição. Os apoiadores dele porque acreditaram quando ele falou mal, e os que não o apoiam porque agora ele está falando bem. E assim vai, num círculo vicioso, até estar todo mundo sem acreditar em nada.

👮‍♀️ Veja o caso da #PolíciaFederal. Falou, falou, falou mal. Daí trocou o diretor geral. Moro reagiu pela PF e pediu demissão dizendo que ele queria interferir politicamente. Hoje, Bolsonaro elogiou o trabalho da PF, que fez operação na casa do Wilson Witzel, seu inimigo político declarado. O Witzel merecia? Fez coisa errada? O STJ entendeu que existem provas robustas de que o governador do Rio fez parte de esquema que fraudou orçamentos para construção de hospitais de campanha. Mas qual a primeira reação? Todo mundo já ficou com a pulga atrás da orelha pensando: ‘Ihhh, a PF agiu a mando de Bolsonaro. Será que tinha mesmo treta contra o Witzel?.’

👦🏻 Outro exemplo. O Rodrigo Maia. Bolsonaro bateu, bateu, bateu no presidente da Câmara. Maia reagia manipulando a pauta da Câmara. Bolsonaro convidou prum café na sexta, chamou de meu rei, abraçou. Uma semana depois, o general Heleno soltou uma nota que dizia que se a Justiça mandasse pegar o celu do Bolsonaro coisas imprevisíveis iriam acontecer. Maia levou quatro dias, QUATRO, para ter alguma reação à ameaçadora nota.

🕊️Quatro dias depois, quando resolveu falar, da mesa da presidência da Câmara, Maia pediu paz. Disse que é hora de acalmar os espíritos. Até deu umas cutucadinhas em Bolsonaro, como quando afirmou que lá no Congresso eles obedecem ordens judiciais porque assim manda a Constituição, mas também elogiou a dignidade do presidente ao tentar formar sua base aliada. Dando cargos pro centrão, darling, vamos esclarecer a real da dignidade a que se referia Rodrigo Maia.

📰A imprensa. Bolsonaro fala mal, fala mal, fala mal. Seus apoiadores hostilizam. Parte da imprensa reagiu e alegando falta de segurança disse que não ia mais cobrir o cercadinho do Planalto. Outra parte resolveu que quer continuar indo ao cercadinho. E hoje lá estava Bolsonaro, todo manso. Parecia um papo de comadres. Na figura ampla, ninguém diferencia que imprensa é aquela lá. É tudo imprensa.

Ele faz premeditado, Tixa? Darling, como saber. Só sei que ele confunde todo mundo uma hora dizendo uma coisa, outra hora outra e daqui a pouco ninguém mais sabe de nada. Mas não é só ele. É mal, ou estratégia, de família.

🤡Flavinho fez uma live nesta terça para dizer como é absurdo o que está acontecendo no Rio e blá, blá, blá e daí pelas tantas diz que Queiroz é um cara honesto, que luta pelo que acredita. O Queiroz Queiroz, Tixa? O Queiroz Queiroz, darling. Aquele mesmo que ele, Flavinho, demitiu do seu gabinete quando ficou sabendo que ia rolar uma operação da PF por conta da rachadinha. Flavinho chegou a dizer que estava decepcionado com Queiroz e que nunca mais tinha falado com ele.

👨🏻‍⚖️Sem contar o Supremo. Fala mal, depois fala bem, depois abraça o Toffoli, depois manda no Celso de Mello, depois vai a manifestações contra o Supremo. Depois faz nota de respeito mútuo. E agora vai ter que lidar com seu ministro educado, Abraham Weintraub, que vai ter que ir, por ordem de Alexandre de Moraes, se explicar sobre a história de prender os vagabundos do Supremo. História da reunião treta ministerial, darling.

🦠E a pandemia, Tixa? A pandemia segue firme e cada vez mais forte. Mais mil mortos registrados hoje. Mas Bolsonaro politizou até a cloroquina. Politizou o isolamento social. Politizou o próprio corona.

🐂 E só para terminar o #éNoite deixando aquela sensação de chama a mãe que o pai tá doido, o STJ liberou hoje que Joesley Batista volte a administrar suas empresas, entre elas a JBS. Sim, darling, o homem que gravou um presidente da República, que comprou, sei lá, 3/4 de todos os políticos do Brasil, confessou, está livre para comandar o seu reino do gado. E VIVA LA VIDA LOCA.

#éNoiteNaCidade. Nota para o Supremo ver.

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

📝Se você fica sabendo que o presidente da República soltou uma nota pública e que essa nota ainda é cheia de rapapés pregando respeito e harmonia entre os Três Poderes, o que você faz, darling? Isso, corre para as redes sociais do Bolsonaro. Se a nota não estiver lá, ela não existe.
📝No caso, a nota existiu. Foi divulgada pela Presidência da República. Mas não está nas redes dele. Logo, não existe. A nota bonitinha, mas ordinária diz pomposamente que “É momento de todos se unirem. Para tanto, devemos atuar para termos uma verdadeira independência e harmonia entre as instituições da República, com respeito mútuo”
🚽Agradinho para inglês ver, no caso, os ingleses são os ministros supremos que foram xingados de vagabundos pelo aclamado ministro da educação de Bolsonaro. E Weintraub ainda conclamou que os ministros fossem presos, sem qualquer protesto de Bolsonaro.
📝O supremo Barroso tomou nota e hoje no seu discurso do Tribunal Superior Eleitoral, com a presença virtual de Bolsonaro, disse: “A educação, mais que tudo, não pode ser capturada pela mediocridade, pela grosseria e por visões pré-iluministas do mundo. Precisamos armar o povo com educação, cultura e ciência.” Ô ministro, se o senhor souber como fazer, ensina aí.
🔗Semana atrás de semana, em meio à pandemia, Bolsonaro vai para a praça dos Três Poderes festejar manifestantes que pedem o fechamento do Congresso e do Supremo. As faixas estão lá a cada domingo.
🔫E como pode haver união de todos quando Bolsonaro diz que vai armar o povo? Inclusive armar para que o povo saia às ruas atirando contra governadores e prefeitos se tiverem que ser obrigados a seguir regras de isolamento. Tixa, perdi algo. Como assim? É darling, na reunião treta divulgada na sexta Bolsonaro disse isso.
📱E como pode haver respeito mútuo, se Bolsonaro vai para a frente das câmeras de televisão intimidar ministros supremos dizendo que não vai cumprir decisões judiciais? Ele disse ao supremo Celso de Mello, darling, para não decidir pela apreensão do seu celular porque ele não vai entregar.
🕳️Aí hoje Bolsonaro foi puxar o saco do procurador geral, que ele botou no cargo. O presidente se convidou para ir até a PGR. Aras é quem vai decidir se denuncia ou não o presidente por conta das acusações de interferência na PF, e se vai pedir ao Supremo que seja feita apreensão do tal celu.
🔐Já a PF não vai dar moleza, não. Nunca tiveram tanta chance de mostrar independência. E pediram agora para o General Heleno para ele informar todas as promoções ou mudança na equipe de segurança do presidente. Bolsonaro diz que nunca disse que iria interferir na PF do Rio, que era na Segurança, onde estava tendo dificuldade para mudar pessoas que segundo ele queriam foder sua family. Mas o Jornal Nacional mostrou que o presidente havia mudado chefes da segurança só um mês antes da tal reunião.
🦠E a nossa pandemia segue firme. Mais de 800 mortos em uma segunda-feira, que normalmente é o dia da semana com menor registro de mortes, por conta do fim de semana quando as secretarias estaduais não atualizam o número. E já é alto deste jeito. Nesta terça, a tendência é explodir.
🤷‍♂️🤷‍♂️Enquanto isso, Rio e São Paulo parecem que não sabem o que fazer. O prefeito Crivella liberou as igrejas. O governador Doria diz que não vai fazer bloqueio total. Pelo visto, Doria sabe que não tem como engajar a população a aderir ao bloqueio. E aí ele faz o que? Pede a policiais que usem a força.
🌙Vou terminar hoje com uma frase bonita do supremo Barroso. “Tem se falado que, depois da crise, haverá um novo normal. E se não voltássemos ao normal? E se fizéssemos diferente?” Ô ministro, se o senhor souber como fazer, nos diz. Eu entendo que seria diferente se o TSE sob sua gestão botar pra caminhar o processo das fake news da eleição de 2018.
#PósPost: Folha, Globo e Valor decidiram não mandar mais seus repórteres para o cercadinho do Alvorada. Eles foram hostilizados pelos seguidores de Bolsonaro.

*****
🦎 Você quer se informar pela Lagartixa, mas não pelas redes abertas? Vem para a Tixa no Zap. E ainda por cima nos ajuda a sobreviver financeiramente. Detalhes aqui no link: lagartixadiaria.com.br/ajude
******