#NãoTemNoBR. Rolezinho do Morales.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Não foi fácil, mas Evo Morales finalmente chegou ao México, depois de uma trip doida.

Explico.
O governo mexicano ofereceu asilo político e Morales aceitou. Depois de toda a treta mooonstra que acontece na Bolívia por conta do resultado duvidoso de sua reeleição, de ter sua casa depredada e seus aliados presos, Evo renunciou e se foi. Mas foi um sufoco.

O México mandou um avião da sua Força Aérea para buscar Evo Morales. O avião ficou no Peru esperando autorização da Bolívia para entrar. A Bolívia autorizou, mas daí quando o avião estava entrando no país, a Força Aérea boliviana mudou de ideia. O avião então voltou ao Peru.

A Bolívia mudou de novo de opinião e autorizou e finalmente pegaram o Evo. Ai, voltando, o que aconteceu? Vamos parar de novo no Peru, colocar uma gasosa e #partiuMéxico. Só que não. O Peru encolheu, digo, voltou atrás e resolveu não deixar mais o avião (agora com Evo dentro) pousar na sua capital Lima. Justificativa? “razões políticas”.

Bom, daí os diplomatas mexicanos apelaram para o Paraguai. Deixa a gente abastecer aí, por favor. Até o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández entrou na parada ligando para o presidente do Paraguai, Mario Benítez. Ele autorizou.

Ufa, Tixa! Que bom, resolveram. Calma, meu bem. Nem começou direito. Depois de abastecer no Paraguai teria que passar de novo pelos céus bolivianos, peruanos e equatorianos. Peru e Equador disseram: voa. Só que a Bolívia, nã, nã, ni, nã, não! Já saiu daqui, nem passa perto. Então, recorreram ao Brasil para que sobrevoassem nosso território. E não é que o governo autorizou de boa? Segundo o Itamaraty, foi pá-pum! Pediu, levou. Sei!

Finalmente abastecido, agora sim #partiuMéxico. Evo respirou aliviado. Cruzar o Brasil dando uma olhada nas belezas lá de cima, passar por cima do Peru (no bom sentido), sobre o Equador. Opa, pára tudo. O Equador viu o avião vindo e voltou atrás. É, tiveram que desviar do Equador e ir por cima do oceano pacífico.

Mas finalmente, Evo e seu vice, Álvaro Garcia Linera, chegaram!!! Agora terão sombreiro e água fresca.

#NãoTemNoBR. Vazio de poder na Bolívia.

Manifestantes contra Evo Morales entraram em sua casa em La paz. Veja o vídeo! Que situação!

Segundo relatos dados ao repórter Roberto Lameirinhas, ontem à noite estava havendo uma espécie de caça às bruxas na Bolívia e “suspeitos” de serem simpatizantes de Evo Morales sendo retirados de suas casas e amarrados em postes.

Uma jornalista boliviana informa que queimaram a casa do reitor da principal universidade do país, queimaram e saquearam a casa de jornalista e uns 20 ônibus públicos. E quem fez isso são opositores de Evo, após sua renúncia. Aff, Tixa, que situation!

Pois é, darling. O temor agora é que comece a ter um embate violento entre os apoiadores de Evo e os opositores. Há relatos de que simpatizantes do agora ex-presidente também atacaram uma rádio em outra província da Bolívia e incendiaram carros da prefeitura.

Neste clima, dá para acreditar que novas eleições serão democráticas? Sem contar que há neste momento um vazio do poder na Bolívia, já que todo mundo renunciou. Daqui a pouco quem sentar na cadeira, fica. E a Rússia também já disse que foi golpe, enquanto os Estados Unidos aprovaram a saída de Evo. Daqui a pouco vira é uma guerra.

#PP. (para os perdidos) Vale lembrar que os protestos violentos e ameaças de morte contra ministros e familiares de Evo precipitaram sua renúncia. Ele não teve o apoio do Exército para combater a onda de violência após a duvidosa apuração das eleições que deu a vitória a ele no primeiro turno.
#PP1. O próprio Evo admitiu fazer novas eleições ontem de manhã para acalmar os ânimos mas não foi suficiente e à tarde ele renunciou depois que o Exército “sugeriu” que assim o fizesse.
#PP2. Evo também não é santo. Ele forçou um quarto mandato, se candidatando por força de decisão judicial, mesmo depois de um plebiscito ter decidido que ele não deveria se candidatar. Treta atrás de treta. E tudo isso acontecendo em momento próspero da economia boliviana.

#NãoTemNoBR. Inimigos de Bolsonaro vencem na Argentina.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto

O Kirchnerismo venceu as eleições presidenciais na Argentina, como já noticiam os jornais argentinos. Por uma vantagem menor do que a esperada, é verdade. Mas venceu. O novo presidente da Argentina é Alberto Fernandez, tem mais de 47% dos votos e liquidou a fatura no primeiro turno. Macri, o atual presidente, teve 40% dos votos. Já foram apuradas 83% das urnas.

Bolsonaro fez campanha ostensiva para Macri, ou melhor, contra Cristina Kirchner, que é a nova vice-presidente do país. O presidente brasileiro ameaçou até tirar a Argentina do Mercosul. Disse que a Argentina viraria Venezuela e que não podia se permitir a volta ao poder dos Kirchners. Agora é esperar para saber se as bravatas de Bolsonaro eram só bravatas. A confederação das indústrias já fez as contas e o rompimento com a Argentina pode fazer sumir 2,4 milhões de empregos no Brasil.

Tixa, será que ele vai fazer isso? Darling, duvidamos muito, né não? O presidente vai acabar recuando, como ele adora fazer e vai dizer que o Alberto é gente boa e que não é a Cristina. E pronto. Tixa, mas o Alberto fez um L de #lulalivre hoje nas redes. É verdade. Vai ser difícil para Bolsonaro mas…. Bolsonaro também falava que ia varrer a China do Brasil e na semana que passou esteve por lá dando uma lustradinha nos sapatos.

#NãoTemNoBR. Trump está jogando WAR

A imagem pode conter: 1 pessoa

#NãoTemNoBR. TRUMP ESTÁ JOGANDO WAR. Acreditem, o presidente dos Estados Unidos quer comprar a Groenlândia, que pertence à Dinamarca. A Dinamarca ficou indignada e disse que o presidente não poderia estar falando sério em querer comprar 50 mil dinamarqueses. Mas sim, ele estava falando sério e na noite de ontem postou em suas redes sociais que não vai mais visitar a Dinamarca, em viagem programada para daqui duas semanas, porque a primeira ministra não quer negociar a Groenlândia.

Basicamente, o país é bem congelado, mas tem uma série de recursos naturais que interessam ao Estados Unidos. E pasmem, já teve um presidente americano que quis comprar a Groenlândia em 1946. Mas fala aí se não deu saudades de jogar War e conquistar o território da Groenlândia só para poder fazer o embate com Donald Trump?

#NãoTemNoBR. Silêncio depois das primárias argentinas

A imagem pode conter: 12 pessoas, texto

BOLSONARO DIZ QUE RS VAI VIRAR RORAIMA. 
“Povo gaúcho, se essa esquerdalha voltar aqui na Argentina, nós poderemos ter no Rio Grande do Sul um novo estado de Roraima”. O presidente falou a um público de convidados e apoiadores durante passagem por Pelotas, no estado gaúcho, referindo-se ao resultado das primárias na Argentina. “Vocês podem correr o risco de, ao ter uma catástrofe econômica lá, como teve na Venezuela, ter uma invasão Argentina aqui. Não queremos isso para nossos irmãos”. 
ATUALIZADO, 12H45.

#NãoTemNoBR. SILÊNCIO DEPOIS DAS PRIMÁRIAS ARGENTINAS. O primeiro round das eleições argentinas surpreendeu pela vitória acachapante do candidato de Cristina Kirchner (que é candidata a vice). Alberto Fernandez teve 15 pontos a mais do que Maurício Macri, o atual presidente. Lá na Argentina, o povo vota primeiro nas primárias, que aconteceram ontem e são um termômetro para as eleições de fato que acontecem em outubro. 

Os entendidos das eleições argentinas dizem que normalmente só dá para acreditar em uma reversão de resultado quando a diferença é de uns 5 pontos. 15 seria demais. A reação dos mercados hoje está intensa por lá. O dólar já subiu 30%, ações despencam 60%. 

Por aqui, Bolsonaro não falou nada por enquanto, mas vale lembrar que o presidente tentou interferir nas eleições argentinas dando diversas declarações que não poderíamos deixar a Kirchner voltar ao poder. 

Também vale lembrar que a vitória da oposição também coloca dúvidas sobre o acordo Mercosul-União Europeia, já que precisa ser aprovado pelos parlamentos dos países. 

O candidato a vice presidente de Macri, Miguel Pichetto, diz que a dura derrota que sofreram ontem foi por conta de um voto de castigo da classe média por conta dos aumentos tarifários e da crise econômica. E eles vão conseguir reverter esta crise até outubro? A conferir. 

Na foto, capa do site La Nacion, jornal argentino.

#NãoTemNoBR. Protesto americano

ERRAMOS. Alguns leitores chamaram a atenção para o título da matéria sobe pagar pagar pau para o hino americano, e eles têm razão. Está errado. Os militares prestam continência para a bandeira brasileira que é hasteada também para quem ganha medalha de prata. Desculpas pelo erro.

#NãoTemNoBR. BRASIL PAGANDO PAU PARA HINO AMERICANO. Enquanto o atleta americano se ajoelha durante o hino dos Estados Unidos em protesto contra Trump, o que fazem os brasileiros que também estavam no pódio? Batem continência. É, eles são militares. Os brasileiros. Tenho que dizer que talvez eu não entenda nada de práticas militares. Achei que o Brasil não devia ser subordinado a um outro país, mas eu sou só uma Lagartixa.

Quer saber mais sobre o atleta americano? Seu nome é Race Imbodden, esgrimista e ganhou ouro e bronze no Pan do Peru. Está revoltado com o ódio que Trump está espalhando pelos Estados Unidos e convoca a todos que usem suas posições em prol da mudança.

Veja o que Imbodden escreveu em suas redes sobre o episódio:

“Precisamos pedir mudanças.

Nesta semana tive a honra de representar o time americano nos Jogos Pan-Americanos, levando para casa as medalhas de ouro e bronze. Meu orgulho, no entanto, foi diminuído por múltiplas falhas do país que é tão querido em meu coração. Racismo, a lei de armas, os maus-tratos a imigrantes e um presidente que espalha ódio estão no topo de uma longa lista. Eu escolho sacrificar meu momento hoje no topo do pódio para chamar atenção a questões que, creio, precisam ser resolvidas. Eu encorajo a todos que usem seus meios e p

#NãoTemNoBR. Boris Jhonson.

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno

#NãoTemNoBR. Boris Johnson, na foto, é o novo primeiro ministro britânico para a alegria dos chargistas e fotógrafos. Ele é político, jornalista, apresentador e escritor de romances. E é conservador. Quer tirar o Reino Unido da União Europeia a qualquer custo, com acordo ou sem acordo. Ele também é tido como machista, homofóbico e otrascositasmás. O novo primeiro ministro já recebeu até os parabéns do Trump. Aliás, Johnson nasceu nos Estados Unidos e também é polêmico.

PP. (Para os Perdidos). Thereza May renunciou ao cargo porque não conseguiu acordo para o Brexit.

#NãoTemNoBR. Conselhos militares da Fox News

Conselhos militares da Fox News

#NãoTemNoBR. CONSELHOS MILITARES DA FOX NEWS. 
Faltavam dez minutos para um ataque do Estados Unidos ao Irã quando o presidente Donald Trump desistiu do ataque. E olha que dias antes ele estava bem nervoso no Twitter dizendo que o Irã teria cometido um grande erro ao derrubar um drone americano.

Aí o New York Times escalou dez jornalistas para apurar a história e descobriu que o presidente desistiu da empreitada por conta de um comentário do apresentador da Fox News, Tucker Carlson, que disse que o presidente entrar em uma guerra agora o prejudicaria nas eleições. “Os ‘falcões’ não tinham os melhores interesses de Trump em seus corações”, disse Carlson. E se ele entrasse em guerra com o Irã, Trump poderia dar adeus ao sonho de ser reeleito”.

Obviamente Trump foi novamente ao Twitter dizer que era tudo fakenews do NYT e que o motivo de ele ter desistido é porque na última hora perguntou quantas pessoas morreriam e só então soube que seriam 150. Diz ele que achou desproporcional.

#NãoTemNoBR. Outro mundo

#NãoTemNoBR. OUTRO MUNDO. Vejam que imagens impressionantes de uma ambulância abrindo caminho no meio de uma multidão em Hong Kong, no fim de semana. A região vive uma onda de protestos que reúne verdadeiras multidões nas ruas contra uma nova lei que propõe enviar criminosos para a China. O medo é que a proposta acabe por unir China e Hong Kong, hoje separadas apesar de Hong Kong pertencer à China. Os manifestantes também pedem a saída da chefe do executivo, Carrie Lam.

PP (Para os Perdidos). Hong Kong foi uma colônia inglesa por 156 anos e na década de 90 foi devolvida à China por meio de um acordo. É difícil até nomeá-la pois não é um país, apesar de parecer. Hong Kong assou a ser considerada uma Região Administrativa Especial, pertencente à China. Sob o manto desse status, Hong Kong é praticamente um país à parte da China. É capitalista, tem livres para o comércio, um grande mercado financeiro e liberdade de imprensa.

#NãoTemNoBR. Zoeira tem limite na Espanha

youtuber ReSet Zoeira tem limite na Espanha
Na foto, o youtuber ReSet

#NãoTemNoBr. BRINCADEIRA TEM LIMITE NA ESPANHA. A Justiça de Barcelona condenou o youtuber ReSet a ficar 5 anos fora da rede por ter feito uma brincadeira humilhante com um morador de rua. O youtuber recheou um biscoito Oreo com pasta de dentes e deu para o mendigo, que chegou a passar mal. O vídeo chegou a render 2 mil euros de receita para o youtuber de nome Kanghua R, de 21 anos. Ele terá ainda que pagar 20 mil euros para o morador de rua e também foi condenado a 15 meses de prisão, mas como não tem antecedentes não terá que cumprir a pena.