#subindopelasparedes. Corrida pelas prefeituras já começou.

A imagem pode conter: 7 pessoas, texto

Pela lei eleitoral ainda não pode, mas os políticos estão dando uns rolês por aí para ir semeando votos.

Tixa, já vão cortar o tempo da minha novelinha? Não, darling. Te acalme. Oficialmente a campanha só está liberada a partir do dia 16 de agosto, mas sabe como é? O povo da política tem que garantir um bom desempenho. É teta!!!! Errou, Tixa, é treta!. Não darling, é teta mesmo.

Veja, por exemplo, o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre. Ele tá lá pelas bandas do Amapá rodando com os candidatos a prefeito que ele apoia. E fazendo o que? Inaugurando obras, abraçando os pobres, tomando cafezinhos nos botecos. Essas coisa bem naturais em ano eleitoral.

Inclusive, ele apoia para prefeitura da capital, Macapá, o seu irmão mais velho e suplente, Josiel Alcolumbre. Mas esse rolê do Davi não tem agradado aos parlamentares e segundo reportagem da Folha eles têm reclamado que tem sido muita treta conseguir articular nesse mês de Janeiro com o presidente para tratar de assuntos importantes como a reforma tributária, por exemplo.

Mas Tixa, não tá fechado o Congresso? Sim, darling. Mas esse povo adora trabalhar nas férias, oras! No caso de Alcolumbre, rola também a questão de que pelo fato de ser o presidente da casa, ele anda com equipe de segurança e assessores, custeados pelo nosso suado dinheirinho. A presidência do Senado alegou que como a equipe não dorme nos locais visitados, não gastam com hospedagem e o presidente tem viajado no avião do governador do Amapá. Viu como eles economizam?

Quer mais exemplos? O líder do governo de Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra, do MDB, também está acompanhando os filhos em inaugurações, assinaturas e otrascositasmas por todo Estado de Pernambuco.

Marcelo Freixo tem participado de protestos no RJ. Já em Minas, o candidato à prefeitura de Belo Horizonte, André Janones (que adora fazer uns vídeos vestindo um colete escrito “Fiscal do Povo” onde devassa as irregularidades em órgãos e obras públicas) escreveu já no dia 17 de janeiro: “Eleições 2020 serão acirradas! Ninguém quer largar a teta! Aí na sua cidade tá como?” Nem ele pelo visto.

E haja teta!

#subindopelasparedes. Weint dá uma respirada.

A imagem pode conter: 3 pessoas, barba e texto

O STJ atendeu agora há pouco o pedido do governo e liberou a divulgação dos dados do SISU e as inscrições no PROUNI.

Descobriram o que aconteceu com o ENEM, Tixa? Não, darling. Por enquanto, o que o governo conseguiu foi derrubar a decisão da justiça federal de SP que havia determinado a suspensão do processo seletivo.

Mais cedo, Bolsonaro chegou a lançar que tudo é possível até “sabotagem”. Sim, parece que o ator, cantor, coveiro, roteirista, atirador, gaitista, modelo e manequim, apresentador infantil e eventualmente ministro da Educação, Abraham Weintraub, pode se safar de toda essa bagunça que aconteceu sob sua batuta.

Só não vai escapar do novo título de aluno de 5a série. O ministro foi repreendido hoje pelo Conselho de Ética da presidência pelas gracinhas que fez com Dilma e Lula quando descobriram 20 kg de coca no avião do Bolsonaro.

#PP (para os perdidos). O MEC admitiu erro na correção das provas do ENEM e a Justiça mandou suspender a divulgação do resultado do Sisu porque o ministério tratou o assunto meio de qualquer jeito. Sisu é o sistema que distribuiu as vagas em universidades de acordo com a nota do Enem. Prouni distribui bolsas para universidades privadas também com base na nota do Enem.

#subindopelasparedes. Lulinha verde e amarelo e terrivelmente evangélico.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e terno

Com a gravata com as cores da bandeira do Brasil, Lula em entrevista ao UOL mostra a guinada que pretende que o partido dê rumo à conquista dos terrivelmente cristãos. Como assim, Tixa? Sim, darling, os votos dos evangélicos estão a cada dia que passa mais cruciais para se vencer uma eleição. Ou você acha que é à toa que Bolsonaro viva dizendo que governa para a família?

A entrevista ao UOL está muito interessante. Da sua experiência na cadeia em que diz passou horas e horas assistindo cultos evangélicos, ele fala que o PT tem que ir entender o povo evangélico. Este povo que usa da fé para superar as agruras de falta de emprego, por exemplo. E se não viram religiosos, do outro lado está o tráfico.

Ele é realista ao falar de Bolsonaro, que ainda tem, segundo Lula, muita gordura para queimar antes de efetivamente ser taxado de um presidente que fez um mau governo.

Concorda com Bolsonaro quando fala da imprensa, que a imprensa não dá o mesmo direito que dá a outros de falar. “O Bolsonaro está provando que é possível fazer notícia sem precisar dos jornais, da televisão. Ele faz por ele mesmo.”

E diz que falar com o trabalhador hoje é um rolê muito diferente da época em que as fábricas empregavam 40 mil pessoas. Hoje estão todos espalhados pela cidade fazendo Uber.

Mas chamo a atenção para uma guinada que o PT não está preparado para fazer: a renovação do partido. Lula deixa claro que não há espaço de destaque para jovens no PT, pois os considera despreparados para liderar. Criticou os que estão por aí financiados pela “Ambev”. Mas quando questionado sobre os jovens do partido cita o Lindebergh Farias, que tem 50 anos. 50, darling. Socorro, né? Ele até cita o Ronald Sorriso que é o presidente da Juventude do PT, mas só.

A seguir alguns trechos:

#EVANGÉLICOS.
“Acho que o papel do Estado é ser laico, não ter uma posição religiosa. Mas o que o PT tem que entender é que essas pessoas estão na periferia, oferecendo às pessoas pobres uma saída espiritual, uma saída que mistura a fé, com o desemprego, com a economia….

E ao invés de sermos do contra, temos que saber como é que a gente lida com esse novo modo de pensar do povo brasileiro. Inclusive de pensar a religião…”

“O que é a Igreja Pentecostal, hoje, no Brasil? O que eles representam? Já são 30% ou 35% da população religiosa. No começo do século passado, era praticamente zero. E o pentecostal da prosperidade têm uma linguagem fácil para conversar com o povo. Porque você tem, de um lado, o autor de todos os problemas, que é o diabo, e a solução toda, que é Deus. E se não tiver solução, o cara é culpado porque não tem fé”

#TRABALHADORES
Antes você ia na porta de uma fábrica e fazia uma assembleia para 10 mil pessoas, hoje tem 500, 400… Aonde foram as outras? Essa gente está por aí, fazendo bico, trabalhando por conta, no comércio, não está dentro de uma fábrica. Está mais difícil organizar, conversar com os trabalhadores, como a gente conversava.

#UBERIZAÇÃO
Há pessoas trabalhando no Uber e elas são tratadas como microempreendedores. Elas vão descobrir, daqui a um tempo, que precisam ter direitos para poder ter garantia na prestação de serviço.

#JOVENS#POLÍTICOS
“Você pode formar um engenheiro, um cara com alto grau de conhecimento específico sobre um tema. Pode formar um grande jornalista, um grande economista. Agora, você não pega um dirigente num banco da universidade. Pega ele pela capacidade intuitiva que ele tenha, pela capacidade de formulação que ele tenha, pela capacidade de contato que ele tenha com as pessoas. E o PT está formando essas pessoas..” Mas na resposta não conseguiu citar nomes dessas pessoas.

#IMPRENSA
“Acho que tem crítica que ele faz que é correta. Dê a ele o mesmo direito que dá aos outros, direito de falar, abra para ele falar. Na greve dos jornalistas de 1979, os donos de jornais descobriram que não precisavam tanto de jornalistas, que poderiam fazer jornalismo sem precisar do jornalista. Agora, o Bolsonaro está provando que é possível fazer notícia sem precisar dos jornais, da televisão. Ele faz por ele mesmo. Aliás, o Trump já fez escola.

#PREFEITURA DE SP.
“Tem o Zarattini, tem o Jilmar Tatto, o Padilha, o Suplicy, o Nabil, tem bastante gente. “

#PP (para os perdidos). Lula já usou a tal gravata com as cores do Brasil em outras ocasiões, inclusive quando o Brasil foi candidato a sediar Copa e Olímpiadas. E quanto a tal gravata foi usada por ele em momentos importantes de bonança para o Brasil e ele a repetiu em alguns momentos que foi depor na Justiça em Curitiba. É imagem de que está ali para um “bem maior”. Quase um Lulinha paz e amor.

#subindopelasparedes. Passeando em Vegas.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Flavinho, o 01, senador está em viagem oficial em Las Vegas. Fazendo o quê, Tixa? Brincando com a arma, darling.
O líder da Frente Evangélica, deputado Silas Câmara, disse ao Antagonista que o senador foi lá fazer média com os magnatas dos cassinos, mas que ele sabe que não tem chance de rolar jogos de azar no Brasil.

Jogo de azar não pode, mas armas pode.

Em vídeo, Flavinho diz que estão lá fazendo turismo, quer dizer, tentando trazer turismo para o Brasil e visitando uma feira de armas com o sugestivo nome de Shot Show. Será mesmo que o acontece em Vegas, fica em Vegas?

#subindopelasparedes. O torturador na sala.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas

Bolsonaro se mantém fiel ao torturador. Está lá, em sua mesa de presidente, o livro que durante toda a campanha eleitoral ele disse ser o seu preferido: A verdade sufocada, do torturador Brilhante Ustra. Tixa, mas ele não é torturador. É sim, darling, inclusive reconhecido como torturador pela Justiça.

A foto foi postada por Dudu, o 03. Ele e Weintraub estavam lá para falar com Bolsonaro sobre as escolas militares.

PósPost. Deviam mesmo é estar preocupados com o fiasco do Enem. O Ministério Público está pedindo para adiar as inscrições do Sisu. Mais detalhes, logo mais aqui na Lagartixa.

#subindopelasparedes. As bobajaradas de Moro no Roda Viva.

Os jornalistas não aliviaram nas perguntas que fizeram para o ministro Sérgio Moro no Roda Viva que terminou inda pouco, com a estreia de Vera Magalhães no comando. Claro que o Intercept, que fez uma transmissão comentada por não ter sido convidado para a Roda, lançou diversas perguntas que não foram feitas como por exemplo o que Moro quis dizer com “In Fux We Trust”. Mas TV tem questão de tempo também.

De qualquer forma, perguntas importantes sobre #VazaJato foram feitas. Moro estava preparado para escapar e mandou: “é um assunto menor. Um monte de bobajarada”.

Quando não queria responder algo, como se ficava constrangido com certas coisas que Bolsonaro fazia, começava a falar da queda de número de homicídios. Chegou até mesmo a dizer que Bolsonaro dá ampla liberdade à imprensa. Retrucado, quase assoviou e disse que não estava ali para falar de Bolsonaro. E em algum momento deu uma de militar: “tem cadeia de comando”.

Ele foi revelador também quando disse que não tinha motivo para federalizar o caso #Marielle. E fingiu que estava tudo certo em divulgar o áudio de Lula com Dilma às vésperas da eleição, apesar de ter sido bastante confrontado.

Não acho que Bolsonaro vá ficar muito magoado com algo que o Moro tenha dito, mas o Dória vai ficar magoadíssismo. Tixa do Céu, conta logo!!!! Só se você ler os melhores momentos da transmissão que fizemos pelo Twitter.

Mas antes… só para dizer que as fotos maravilhosas feitas diretamente do estúdio do #RodaViva são do Marcelo Chello

👉 Tenho relação ótima com o presidente…. Teve o caso da fraude da testemunha do Rio mas como eu disse foi resolvido…. Nunca teve uma questão de um gritando com o outro.

👉 Não assinaria documento de que não seria candidato a presidente porque muita gente já fez isso e depois rasgou. Moro, mesmo que sem querer, cutucando Dória que tanto o homenageou e é candidatíssimo a presidente.

👉 Vazajato é um monte de bobajarada.

👉 Você acha que o Lula ia ligar pro Temer e admitir que ia fazer algo pra contar que queria escapar? Mais ou menos isso que Moro respondeu sobre porque conversa com Dilma, divulgada por ele, era diferente. Ele@disse que foi pedido do ministério público e@polícia federal para divulgar.

👉 Bolsonaro nunca escondeu qual era sua política. Moro respondendo sobre posições que teoricamente seria contrário as do presidente. “Existe cadeia de comando”.

👉 Caso de divulgação da delação do Palocci foi superdimensionado. Não tinha nenhuma novidade ali. Moro tentando explicar porque não deixou LULA ser interrogado porque podia interferir na eleição, mas divulgou delação do Palocci q prejudicava o PT 4 dias antes do 1. turno

👉 Excluiu testemunha fraudulenta e daí a investigação começou a correr no rumo certo. Moro explicando porque entende que não precisa federalizar caso Marielle. A testemunha fraudulenta no caso é o porteiro do condomínio de Bolsonaro.

👉 Não cabe ao ministro da Justiça ser comentarista sobre tudo. Neste caso do Alvim, foi caso bizarro. Dei opinião diretamente ao presidente. Era insustentável.

👉 Bolsonaro dá ampla liberdade à imprensa.

👉 Moro diz que desculpa de Bolsonaro para não vetar juiz de garantias, que ele recomendou que fosse vetado, foi a de que Congresso derrubaria o veto. Detalhe: Bolsonaro vetou umas duas dezenas de ponto do mesmo projeto.

👉 Se tem alguém que não briga com ninguém por aí, esse alguém sou eu. Moro com risadinha irônica.

👉 No caso dos hackers havia invasão criminosa e veio informação de que altas autoridades tinham sido afetadas. Por segurança nacional, é meu dever comunicar de imediato. Moro ainda confirmou que disse ao STJ que a tendência era de que provas fossem destruídas.

👉 Minha paciência às vezes é infinita. Moro depois dizendo que não era sobre Executivo que estava falando.

👉 “Eu não sou evangélico, sou católico”. Moro sobre a fala de Bolsonaro de que vai indicar alguém terrivelmente evangélico para o Supremo. “Presidente vai tomar decisão no momento adequado”.

👉 Não tem uma mensagem destas que apareceram que indique má conduta minha. Moro ainda sobre #VazaJato.

#subindopelasparedes. Água límpida qualquer um bebe.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "ESTA ÁGUA DR, QUALQUER UM BEBE"

“Estou bebendo água da CEDAE agora”, disse o seu Helio Cabral, presidente da empresa, erguendo um copo de água transparente e tomando um golinho. Não sei vocês, mas aquela água, daquele copo, qualquer um beberia.

E a água turva e mal cheirosa que a CEDAE está entregando na casa das pessoas, no Rio?, foi mais ou menos o que perguntou a repórter. Aí o seu Helio Cabral fingiu, fingiu, fingiu que respondia, mas não disse em momento nenhum que beberia da água das casas das pessoas.

Aff!!! O presidente da CEDAE levou 13 dias para dar uma explicação aos cariocas e chegou até a insinuar que em alguns casos a culpa é do dono da casa. Bairros inteiros recebendo água suja e a culpa é de quem deixa animal morto na caixa dágua?

Muita gente teve que tomar a água suja que saía das suas torneiras porque não tinha e não tem dinheiro para comprar água em garrafa. Obviamente, esses cariocas não tinham acesso àquela aguinha cristalina que o executivo da empresa bebeu na frente da imprensa.

Mas vocês acham que está resolvido? Nada. O Helio Cabral só prometeu que em breve será normalizada a situação do abastecimento, depois que a companhia de água e esgoto botar um carvão para limpar a água. Ele culpa uma tal de geosmina, substância química produzida pelo solo e que está afetando a água, e que dá o cheiro ruim. A questão é que a tal geosmina não muda a cor. Cabral não explicou o que está deixando a água com aparência suja, ou melhor, foi a parte em que ele meio que culpou a própria população.

#subindopelasparedes. Thanks Trump.

A imagem pode conter: texto

Bolsonaro está feliz hoje. Os Estados Unidos anunciaram que vão botar o Brasil na prioridade para entrada na OCDE (vá para os perdidos) no lugar da Argentina. O assessor internacional do presidente, Filipe G. Martins, aquele acusado de participar do gabinete do ódio, logo foi para as redes criticar a imprensa que segundo ele produziu factóides quando noticiou o Trump não dava bola para o Brasil.

Filipe, darling, Trump só dá bola quando interessa. Não tem factóide nenhum. Quer ver?

Logo nos primeiros meses de seu mandato, Bolsonaro foi para Whashington e para poder entrar na OCDE, que é tipo um clube dos ricos, abriu mão das condições especiais que tinha na Organização Mundial do Comércio. Bom, e o que fez o Trump durante 2019? Mandou uma lista para a OCDE botando o nome da Argentina e não o do Brasil. Agora, quase um ano depois eles dizem que vão botar o Brasil na lista.

🤦‍♀Mas não sem antes o governo brasileiro ter sido pego de surpresa com um tuíte em que Trump acusava o Brasil de manipular o câmbio e que ia taxar o aço brasileiro.

🤦‍♀Não sem antes Bolsonaro ter apoiado os Estados Unidos no caso da morte do general do Irã, falando até em combate ao terrorismo.

🤦‍♀Não sem antes o ministro da ciência e tecnologia ter anunciado que tecnologia 5G só daqui uns anos. Haja para os perdidos hoje!!!

E vale dizer que ainda tem um rolê monstro para o Brasil entrar na OCDE. Pode botar mais uns três anos. No meio do caminho, tem até eleições para presidente nos Estados Unidos.
________________________________________
#PP (para os perdidos). A OCDE é uma organização de países ricos. O Brasil quer estar lá porque acha que assim poderá negociar de igual para igual com esse povo. Tipo status mesmo, darling. Mas daí teve que abrir mão de ser um país em desenvolvimento na OMC, que dava alguns privilégios como condições especiais para fechar acordos de livre-comércio.

#PP1. Trump soltou o tuíte sobre taxar o aço mas nunca efetivamente impôs a cobrança. Foi uma manobra eleitoreira porque queria agradar os agricultores que estavam perdendo mercado para o Brasil por conta do dólar alto. Mas Trump não avisou Bolsonaro que ia soltar um tuíte.
#PP2. Trump deu a ordem para matar o general Solemaini no Irã elevando a tensão no Oriente Médio. Até agora não deu em nada porque o Irã está atrapalhado consigo mesmo. Derrubou até um avião com 176 pessoas a bordo por engano. Na conversa de Bolsonaro com Trump, em março, foi colocado na mesa que o presidente americano esperava apoio de Bolsonaro nas questões do Irã.
#PP3. Os EUA e a China estão numa briga tremenda para saber quem vai mandar na tecnologia 5G, que será a nova fronteira da telefonia e da internet. É quase como você pensar e as coisas já saírem postadas de tão rápida que será essa internet. O Brasil iria fazer um leilão, mas adiou. A Huawei estava louca para entrar forte no Brasil, fazendo lobby adoidado inclusive com Bolsonaro. A empresa domina a tecnologia enquanto os EUA estão meio atrasados no rolê. Quem sabe agora dá tempo deles alcançarem?

Nosso leitor e jornalista que entende do riscado , Ser Leo, fez o seguinte comentário pertinente:
“Peço licença para discordar. Não concordo com a definição” a OCDE uma organização de países ricos. O Brasil quer estar lá porque acha que assim poderá negociar de igual para igual com esse povo”. As negociações, na OCDE, tem um viés: o das normas consideradas adequadas aos interesses dos países ricos. O Brasil quer estar lá porque acha que, com isso, dará ao mundo um diploma de bom comportamento, atraindo investimentos; e forçara mudanças internamente, derrubando barreiras e regras criadas em nome do ” interesse nacional”.