#éNoiteNaCidade. Bolsonaro, o imperador, by Folha.

A imagem pode conter: texto

A Folha subiu o tom. “Fantasiado como IMPERADOR, Bolsonaro terá que ser contido” é o título do artigo publicado pelo jornal agora à noite. Não aliviou e nem economizou nas palavras.

Começa assim: “Bolsonaro não entende nem nunca entenderá os limites que a República impõe ao exercício da Presidência. Trata-se de uma personalidade que combina leviandade e autoritarismo”. E segue dizendo que ele terá que ser contido pelas regras do jogo democrático, “como os limites que se dão a uma CRIANÇA”.

“O Palácio do Planalto não é uma extensão da casa na Barra da Tijuca que o presidente mantém no Rio de Janeiro. Nem os seus VIZINHOS na praça dos Três Poderes são os daquele condomínio.”

Tixa do céu!. Falaram até das MILÍCIAS? Até das milícias, darling. É GUERRA!. E não é a Folha que está declarando guerra, ela está apenas respondendo a Bolsonaro, que nesta semana excluiu o jornal da lista do edital para assinaturas digitais para o próximo ano. O único jornal entre os grandes e médios, diga-se de passagem.

BOLSONARO age mesmo como criança. Quer ver? Olha a postagem de inda pouco:
– A Folha pergunta e eu respondo: “não quero mais ler a Folha e ponto final.”
– O povo faz coro: “nem eu, nem eu”
– “Qualquer anúncio que façam na Folha, eu não compro aquele produto”
________________________________
Sim, ele, o imperador, digo, Bolsonaro escreveu e disse tudo isso. Acontece que ele é o presidente. Lá dentro do palácio se ele não quiser ler a Folha, não leia. Mas pela CONSTITUIÇÃO, que fala em princípios de impessoalidade, isonomia, motivação e moralidade, lo siento, Bolsonaro, não dá para ser um ditador. É eu sei, presidente, a Constituição atrapalha pacas.

Mas ao definir um processo de licitação, o presidente não pode excluir um jornal só porque não quer mais que se publiquem certas reportagens.

E pedir que as empresas deixem de anunciar no diário??ISTO É CENSURA!!!!!!! Não tem outro nome. Não tem como amenizar. Não tem como se calar.

Bolsonaro tem agido para censurar cada jornal deste país que não escreve o que ele quer. Bolsonaro está atacando a imprensa de forma feroz. Seja tentando sufocar financeiramente, seja construindo a narrativa de que a extrema imprensa só publica FAKE NEWS, seja inventando notícias. Hoje inventou que Leonardo Di Caprio “tacou fogo” na Amazônia, só para dar um exemplo.

Mas darling, bota reparo numa coisa. Bolsonaro está tentando desestruturar tudo. Ontem MARINA Silva, que foi candidata a presidente no ano passado, postou algo interessante: “O governo Bolsonaro nomeia sabotadores de causas. O presidente da FUNAI atua contra povos indígenas, o da Fundação Cultural Palmares nega o racismo, o Ministro do Meio AMBIENTE é antiambientalista..”

E o que falar do partido dele? Foi lá e implodiu. Saiu. Criou outro chamado ALIANÇA. Perdeu força assim no CONGRESSO. Mas e daí? Ele quer apoio do Congresso ou quer implodir o Congresso também?.
_______________________________

O JORNALISMO é um ponto de partida, não o fim.

Sim, darling, eu sei. É muito difícil lidar com a imprensa, acreditar nas notícias, concordar com o que está escrito, perdoar erros.

Tão mais fácil só ler aquilo que concordamos, não é? Mas por mais que você acredite que jornais tenham viés político, é o jornalista que questiona, é a imprensa que publica matérias que botam holofotes sobre o que os políticos querem esconder.

Todos nós juntos: os GRANDES jornais, os PEQUENOS, os blogs de DIREITA ou de ESQUERDA. Sim, os de direita também botam luz sobre as narrativas que Bolsonaro quer criar. Todos são importantes.

O Washington Post tem um lema que acho brilhante: A DEMOCRACIA morre na escuridão. É ainda mais sonoro em inglês: Democracy Dies in Darkness
_______________________________________

#PósPost: Termino este #éNoite frustrada de não ter visto até agora uma manifestação sequer de apoio pessoal (sem ser por meio de associações) dos outros jornais à Folha. Talvez a própria imprensa esteja tão centrada no seu umbigo que se mantenha na escuridão. E isto não exclui a Folha, que esquece de ampliar a voz da mídia de pequeno porte.

#NotaDaRedação#Lula e o #PT viveram e vivem grandes embates com a imprensa. Às vezes com razão, às vezes sem razão. Mas é verdade quando Lula diz que não pode ser acusado de ter tentado destruir ou calar a imprensa.

#PSDB pratica a censura branca, aquela em que junto com donos de jornais consegue jogar uma matéria fora, reduzir o tamanho, esconder nas páginas, dar pouco destaque. Mas também nunca fez o que Bolsonaro faz: de desacreditar completamente e sufocar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *