#vazaJato. Moro não queria os celulares de Cunha

A imagem pode conter: texto

#vazaJato. MORO NÃO QUERIA OS CELULARES DE CUNHA. O BuzzFeed agora também é parceiro do Intercept na divulgação das conversas vazadas. Na primeira reportagem mostra que Sérgio Moro não queria que os celulares de Eduardo Cunha fossem apreendidos quando acontecesse sua prisão, prevista para o dia seguinte.

Deltan Dallagnol, o procurador que teve seu Telegram vazado, chegou a insistir para que fosse feita a apreensão. A conversa entre os dois no entanto foi feita pessoalmente como mostram as mensagens reveladas. 

A reportagem diz que na época poderia haver o temor que políticos estivessem envolvidos e a Lava Jato perdesse força em Curitiba. 

Moro argumentou ao Buzzfeed, apesar de não reconhecer as conversas, que Cunha já tinha tido seu celular apreendido em operação anterior.

PP. (Para os perdidos). Estão agora na parceria com Intercept: Folha, Veja, Reinaldo Azevedo na Bandnews, El Pais, UOL e Buzzfeed.